fbpx

Como tratar Código de Barras Labial

Como tratar código de barras antes do preenchimento labial?

Esta é mais uma das perguntas recordistas no Suporte Exclusivo para Alunos do Portal Diogo Melo.

E por isso vamos falar sobre como funciona o tratamento deste problema de uma forma bem simples e resumida.

Afinal, os vincos labiais devem ser tratados antes de receber preenchimento para alcance de resultados satisfatórios.

Pular ou inverter etapas não é uma opção e evitar intercorrências é o principal objetivo do profissional de HOF responsável.

O que é Código de Barras Labial?

Ao longo dos anos a dinâmica labial, tão importante na comunicação e expressões faciais, contribui com a formação de pequenos vincos ao redor da boca.

Esses vincos são chamados de códigos de barra e causam grande desconforto estético, principalmente em indivíduos mais maduros.

Os códigos de barra são pequenos riscos em torno dos lábios e que apresentam hipercromia dentro do vinco, ou seja, tem aspecto bastante escurecido.

Assim como as linhas das mãos que são hipercromatizadas e apresentam diferença de coloração em relação a pele adjacente, por exemplo.

Este tipo de ruga nasce pela quebra da derme que sofre as ações do tempo e felizmente há tratamento para contribuir com a melhora deste quadro. É o que veremos a seguir.

Como podemos Tratar?

Normalmente pacientes mais maduros apresentam este problema, pois a capacidade de proliferação celular do organismo enfraquece com os anos. E age como uma das causas de quebra da derme e geração de vincos estáticos devido a morte celular.

É extremamente importante diagnosticar o caso de forma correta antes de tratar e selecionar o gel preenchedor mais adequado.

Então, antes de mais nada é preciso tratar a quebra do tecido para somente depois partir ao passo do preenchimento labial.

Um dos recursos para remoção da hipercromia dos vincos é o peeling químico. Se você sabe como usá-lo é uma excelente alternativa.

A aplicação do peeling químico para reduzir a hipercromia vai causar um primeiro estímulo de “agressão”.

Isso significa que a ação do peeling irá beneficiar a abrasão e renovação da epiderme, para que possa receber um segundo estímulo mais profundo.

E este segundo estímulo é a aplicação de um protocolo de skinbooster.

Se após 15 dias após o peeling o seu paciente não apresentar ardência, podemos entrar com o tratamento skinbooster mais adequado ao caso.

Onde com auxílio de uma agulha 30G faremos a retroinjeção em todos os códigos de barra, contorno do filtro e contorno labial.

Lembrando que é interessante que o skinbooster complemente a matriz extra e intra celular. A matriz extracelular com ácido hialurônico e a intracelular com polivitamínicos.

Jato de Plasma e Radiofrequência também são indicados caso o profissional saiba como trabalhar com esses recursos.

Feito o peeling químico e o skinbooster, o poder de mitose celular é renovado e agora podemos utilizar um gel como o Estrianon, por exemplo.

A diluição deste produto para aplicação nos lábio é de 1ml puro para 1ml de lidocaína com vaso. Ideal para devolver a hidratação aos lábios antes de receber o preenchimento.

Qual Gel Preenchedor posso usar?

Após completarmos os primeiros passos é hora de escolher o gel de preenchimento mais indicado ao caso do paciente.

Para lábio senil um produto de média densidade seria a melhor indicação e também a melhor escolha.

Temos como exemplo o Rennova Lift, Rennova Fill, Volift, Volbella, Perfectha Derm, Teosyal Global, entre outros.

Se mais adiante no tratamento o paciente desejar um pouco mais de volume, faça uma nova aplicação.

Só não tente ganhar contorno e volume na mesma sessão e aumentar o risco de intercorrências. Faça a reconstrução do lábio com tranquilidade!

Ao invés de fazer um só procedimento de alta complexidade, oferte procedimentos de baixa complexidade ao longo do tempo.

Pois assim você vai calibrando, coloca o medicamento nas áreas mais interessantes e terá uma reconstrução labial anatômica e fisiológica.

O diagnóstico clínico é sem dúvida a parte mais importante do planejamento de harmonização facial, desde a escolha do gel até a aplicação dos tratamentos. Um verdadeiro fator determinante de sucesso clínico.

Por isso, faça o melhor pelo seu paciente, sem pressa e com todo o cuidado que nós profissionais da HOF temos a missão de oferecer.

Te convido a ler todas as publicações da Sessão de Preenchimento Facial do Blog Diogo Melo. Complemente seu conhecimento comigo.

E se desejar ir mais a fundo no assunto, conheça o Curso Online de Preenchimento Facial e o Curso Online de Anatomia e Intercorrências.

Ambos irão te ajudar a conquistar segurança no dia a dia clínico, através do conteúdo de embasamento teórico científico.

Afinal, segurança se conquista através do conhecimento e isso o Portal Diogo Melo tem de sobra.

Torne-se meu aluno e transforme sua realidade profissional sem medo.

Nos vemos na próxima,
Professor Diogo Melo.

Deixe seu comentário

Cadastre e junte-se aos mais 14,076 Profissionais da Saúde que estão melhorando seus Resultados Clínicos!