fbpx

Contraindicações de Uso de Fios de PDO

Antes de conhecer as contraindicações de uso de Fios de PDO, vale lembrar que eles são ideais para quem busca rejuvenescer a face sem intervenção cirúrgica.

Isso porque os fios de sustentação são utilizados no famoso lifting facial sem cortes. Um dos procedimentos estéticos mais cobiçados da HOF.

E posso te afirmar que todos os meus pacientes que já fizeram tratamento com fios, ficaram felizes e satisfeitos com os resultados.

Porém, sempre há restrições de uso em determinados casos. E nesta publicação você conhecerá cada uma delas.

Quando não indicar Fios de PDO?

O lifting facial com fios de PDO consiste no levantamento dos tecidos, que posteriormente deverão passar por volumização e preenchimento com produtos específicos.

As técnicas de aplicação são simples mas dependem da segurança e prática manual do profissional.

Os fios de PDO são adequados a todos os tipos de pele, para homens e mulheres, mas contraindicados nos casos a seguir:

  • Patologias Autoimunes:

A aplicação de fios não é indicada a pacientes com patologias autoimunes como o Lupus e Vitilígo, por exemplo. Mesmo que estejam controladas.

Isso porque as doenças autoimunes obrigam o organismo a trabalhar em estado de defesa constante, contra ele mesmo.

Trata-se de um sistema de defesa altamente comprometido e o risco é grande. Pois as quedas de imunidade em fases mais agudas, vão gerar edemas graves pós aplicação.

  • Patologias de Coagulação:

Seja cuidadoso e responsável, caso seu paciente tenha algum tipo de problema que exige o uso de anticoagulantes.

Antes de indicar a aplicação de fios, é preciso suspender o uso do medicamento. Mas não faça isso por conta própria.

Solicite por escrito ao médico do paciente para que ele o faça antes do procedimento. Embora saibamos que na grande maioria das intervenções de HOF não seja necessário a suspensão, é bom pedir por questões de responsabilidade.

Dá para controlar com anestesia lidocaína com vaso constritor?

Sim, pois ela faz a vasoconstrição local e você pode passar os fios, fica um roxinho a mais, mas nada que comprometa a saúde.

  • Histórico de Fibrose Cutânea:

Neste tópico vamos ressaltar queloides e cicatrizes hipertróficas. Ambas são classificadas como uma cicatrização anormal da pele.

É raro que queloide acometa a região do rosto, mas se for caso de pré-disposição do paciente, não aplique fios.

Em primeiro lugar, é preciso diferenciar uma da outra e a maioria dos profissionais não sabe fazer isso para um diagnóstico correto.

A queloide não cicatriza completamente e costuma ultrapassar o limite do trauma, criar pele além da região do ferimento. Já a cicatriz hipertrófica, fica nos limites do trauma e pode regredir posteriormente.

Então, não confunda queloide com cicatriz hipertrófica, pois são coisas diferentes.

Considerações Adicionais

Antes de encerrar esta publicação, é preciso fazer algumas considerações adicionais importantes.

Vale acrescentar que também são contraindicações de uso de fios de pdo, os casos de infecção de pele, gravidez e lactação.

As infecções de pele em geral causadas por bactérias, fungos, entre outros agentes infecciosos, tem tratamento.

Porém, se a aplicação de fios for feita durante a fase ativa da infecção, esta pode migrar através da entrada do procedimento e causar problemas maiores. Por isso, oriente ao paciente que somente após a cura do quadro será possível iniciar o tratamento de harmonização facial.

Sobre gravidez e lactação, não há casos concretos na literatura científica que comprovem que fios de pdo são contraindicados. Assim como no caso da toxina botulínica e demais produtos utilizados na HOF.

Mas de toda forma, é bom respeitar o estado da sua paciente e orientá-la a fazer fios em um outro momento. Seja responsável e evites possíveis problemas, que mesmo não comprovados pela ciência, poderão lhe colocar em maus lençóis.

Caro colega, por enquanto é só! Eu espero que tenha gostado deste conteúdo sobre fios e te convido a comentar, curtir e compartilhar.

E para complementar esta leitura, recomendo que você veja a publicação sobre Intercorrências na utilização de Fios de PDO.

Agora, se deseja aprender técnicas de aplicação de fios de sustentação, te apresento o meu novo curso:

O Curso Online de Fios de Sustentação que está em fase de pré-lançamento mas já conta com centenas de profissionais inscritos.

Faça parte do Portal Diogo Melo e aprenda a aplicar Fios de Sustentação, para oferecer rejuvenescimento facial sem cirurgia aos seus pacientes.

Até a próxima publicação,
Doutor Diogo Melo.

Deixe seu comentário

Cadastre e junte-se aos mais 14,076 Profissionais da Saúde que estão melhorando seus Resultados Clínicos!