O que é o Radiesse?

O tema da publicação de hoje faz parte das inúmeras perguntas frequentes que recebo sobre o Radiesse.

São dúvidas como o que é o Radiesse, para que serve e como fazer para utilizá-lo.

A verdade é que para conhecer o Radiesse, precisamos entender do que ele é composto e por isso, vamos falar da hidroxiapatita de cálcio.

Sobre o Radiesse

O Radiesse é a hidroxiapatita de cálcio, um material extremamente biocompatível para uso em tratamentos de reposição do volume da face.

A hidroxiapatita de cálcio tem as mesmas características dos nossos dentes e ossos, pois é composta de fosfato e cálcio.

Os produtos feitos a base deste composto apresentam microesferas suspensas em gel aquoso e de coloração branco leitosa.

Ele precisa ser preparado antes da aplicação, assim como a toxina botulínica e deve ser diluído apropriadamente.

E devido ao seu alto grau de biocompatibilidade com o organismo humano, não exige teste alérgico prévio.

É um procedimento seguro que se mantém estável e flexível, sem risco de migrar pelo corpo por se aplicado em nível supraperiostial.

Para que serve e onde pode ser usado?

O Radiesse é um excelente material devido a sua longa vida útil e ação eficaz em tratamentos de preenchimento facial reabsorvível.

Ele pode ser usado principalmente em região malar, arco zigomático, mento e ângulo de mandíbula.

Vale ressaltar que não deve ser considerado um produto volumizador, apesar de ser utilizado para reposição de volume facial e vou explicar porque.

Os volumizadores expandem quando aplicados e ganham volume sobre a pele, pois possuem características físicas específicas para tal ação.

Já a hidroxiapatita de cálcio não apresenta ganho volumétrico de expansão do produto.

É claro que é possível ver a modelagem da face e ganho de volume, mas de forma gradual. E principalmente pela quantidade injetada de produto.

O preenchimento facial com Radiesse é uma opção para quem deseja resultados mais duradouros.

Afinal, o produto permanece por cerca de 2 a 3 anos no organismo e estimula a formação de colágeno progressivamente.

Cuidados de Aplicação

Sim, caro colega, é tudo muito bonito, tudo muito bom mas como todo procedimento de harmonização facial, a aplicação deste fármaco exige cuidados.

O Radiesse precisa ser aplicado em pequenas quantidades para alcançar ganho volumétrico real ao longo do tempo.

Porém, ele não pode ficar aprisionado em derme e nem em mucosa, pois nós não temos cristal de cálcio na pele e muito menos na mucosa.

Lembra que eu falei logo no início que esses cristais estão presentes na composição dos nossos ossos e dentes?

É por isso que a aplicação dever ser feita sempre a nível supraperiostial e jamais superficial.

O que também acontece bastante são equívocos técnicos de excesso na aplicação do Radiesse.

O profissional administra uma quantidade além da recomendada para o caso do paciente e acaba gerando uma intercorrência.

Geralmente isso acontece por dois motivos:

A falta de conhecimento técnico do produto e formas de aplicação OU a má e velha pressa em trabalhar um tratamento.

Não é a toa que o conhecimento teórico científico existe e precisa ser priorizado.

Se você não conhece as características físicas do produto e não tem domínio da técnica de aplicação, não o utilize.

Comece pela linha do Gel de Ácido Hialurônico que será mais segura e vai reduzir o risco de intercorrência.

E como diz o ditado, a pressa é inimiga da perfeição e para nós, profissionais da HOF, isso deve ser levado ao pé da letra.

Priorize entregar tratamento real aos seus pacientes, sem pressa e com respeito aos processos, afinal, a harmonização facial é uma forma de arte.

Forma de Aplicação

Dando continuidade ao assunto aplicação, vamos voltar ao ponto do equívoco técnico por excesso do produto.

A aplicação do Radiesse em grande quantidade, mesmo que feita no nível correto (supraperiostial), vai tocar a derme profunda e gerar uma reação de corpo estranho.

Sim, o produto vai granular e o seu paciente terá a sensação desses grânulos ao tocar a pele, como se fossem pequenos grãos de areia.

Aí meu caro colega, será complicado e trabalhoso fazer a reversão deste processo que pede o uso de corticoides.

Mas por que o processo de reversão é considerado difícil, Diogo?

Porque a hidroxiapatita de cálcio é um composto de longa duração e portanto difícil de quebrar.

Se comparado ao gel de ácido hialurônico, que nos exige paciência e cuidado na reversão, o desafio é bem maior.

Não posso deixar de destacar também que o uso de corticoide em derme ou mucosa causa o manchamento da pele.

O que será mais um problema para administrar, pois você precisará saber como tratar as manchas também.

Então, grave isso definitivamente: A entrega do Radiesse deve ser feita sempre a nível supraperiostial.

E na quantidade certa, sem exageros, sem pressa e em sessões de aplicação com intervalo adequado.

É recomendado que as aplicações sejam feitas com intervalos de 1 mês e por cerca de 3 a 4 meses seguidos, para ganho o volumétrico ideal.

Sobre após a aplicação

Após a aplicação é imprescindível orientar o seu paciente sobre os cuidados necessários.

Nos 15 dias seguintes ao procedimento, é necessário massagear bem o local, com movimentos circulares leves e ascendentes.

É importante também evitar a exposição excessiva ao sol, principalmente em cidades muito quentes e priorizar o uso de filtro solar.

Evitar atividades físicas intensas durante o período de recuperação também é recomendado.

É normal ocorrer o aparecimento de um pequeno inchaço, hematomas e vermelhidão no local da aplicação.

Eu acho que por hora já temos várias informações importantes sobre o este produto fantástico.

Agora me diga conte nos comentários se você gostou desta publicação.

E não se esqueça de curtir, compartilhar com os amigos e também de conhecer o meu Curso Online de Imersão em Preenchimento Facial.

Vou deixar também um vídeo onde falo sobre a hidroxiapatita para você assistir AQUI.

Ah! E só mais uma coisa: Na dúvida, leia a bula! Nela você encontra (quase) tudo o que precisa saber sobre os produtos de harmonização facial.

Nos vemos na próxima aqui no Blog,
Doutor Diogo Melo.

Deixe seu comentário

Cadastre e junte-se aos mais 14,076 Profissionais da Saúde que estão melhorando seus Resultados Clínicos!