fbpx

Planejamento e Diagnóstico Digital na Harmonização Facial

As técnicas de Harmonização Facial tem evoluído cada vez mais rápido e, para acompanhar seus avanços, é preciso estar atento a tudo.

Não só a respeito das inovações científicas mas também dos recursos tecnológicos na área.

Um dos pontos mais consideráveis atualmente é o Planejamento e Diagnóstico Digital, tema desta publicação.

Na minha opinião, este assunto é um belo casamento entre o uso da tecnologia e marketing estratégico.

Afinal, já não cabe mais ao profissional de harmonização facial trabalhar de forma padronizada, quando se trata dos pontos de aplicação, seja para toxina botulínica ou preenchimento.

A personalização (tanto do atendimento quanto dos tratamentos) é hoje uma das formas mais eficazes de encantar e fidelizar clientes.

Como fazer a Análise Facial do seu paciente

A análise facial feita adequadamente é a chave para o diagnóstico clínico bem sucedido.

Através dela é possível viabilizar o planejamento para tratamento do seu paciente de forma mais precisa e eficaz.

O que deve ser avaliado na análise?

Em primeiro lugar, é preciso avaliar tecidos moles e proporções faciais do paciente de frente (análise frontal) e de perfil (análise lateral).

O estudo das proporções e características faciais, tem a intenção de proporcionar entendimento e visão global dos pontos fortes, assimetrias e planos do rosto.

O registro fotográfico em posição natural do rosto (ereto e olhando a frente), durante expressões, como o sorriso, franzir de testa entre outras, são também necessários.

À partir destas análises é possível traçar linhas, pontos e medidas, que serão o guia do tratamento personalizado de harmonização facial do seu paciente.

Vou deixar AQUI um vídeo onde falo um pouco mais sobre análise facial.

Por que personalizar o tratamento?

Personalizar o tratamento do seu paciente é fugir dos padrões ultrapassados de aplicação das técnicas de harmonização.

E, acima tudo, uma forma de agregar valor e diferencial à sua forma de atendimento e entrega de resultados.

Na toxina botulínica por exemplo, a padronização de pontos de aplicação gera, em grande maioria dos casos, perda de naturalidade facial.

Da mesma forma no preenchimento, pois a ausência de análise adequada pode causar intercorrências decorrentes de aplicações equivocadas.

É neste momento que recorrer à avaliação prévia, permite mostrar ao paciente as assimetrias que podem ter causado problema.

Explicar em detalhes o estudo anterior à aplicação das técnicas, traz mais segurança tanto para o paciente, quanto para o profissional.

Planejamento, prevenção e preparo são os seus maiores aliados pois podem esclarecer na íntegra o real motivo de eventos adversos.

É claro que mesmo com tantos cuidados ainda possam ocorrer problemas, porém as chances são mínimas, quase zero e fáceis de remediar.

Assim como os dedos das mãos, os indivíduos e suas faces não são iguais, então a personalização é uma forma de estratégia.

Pois permite ao profissional atrair e fidelizar clientes ao demonstrar perfil humanizado e, consideração genuína, às singularidades de cada um.

Planejamento e Diagnóstico Digital

Já entendemos que a análise facial deve ser usada para identificar traços faciais positivos e negativos.

E para auxiliar no planejamento do tratamento, perfeito e adequado, a condição específica da face do paciente.

O planejamento digital pode ser feito através da Documentação Fotográfica Clínica (forma mais fácil e acessível).

Para isso é recomendável investir em equipamento profissional de fotografia, para registro e identificação dos padrões faciais.

Relembrando o que já foi abordado nesta publicação:

O registro de fotos da face em repouso, durante expressões faciais, de visão frontal e perfil, devem ser feitos considerando os ângulos corretos.

Desconsiderá-los pode mostrar na foto um rosto que não condiz com a realidade.

Portanto, nada de manipular ângulos e tratar imagem, pois o realismo é o que conta na hora de planejar feições naturais e equilibradas.

Todas as simetrias, imperfeições, assimetrias, qualidade da pele, estrutura óssea, entre outros fatores, são parte da base para a harmonização ideal.

Não é necessário basear-se somente na representação fotográfica isolada do paciente.

Podemos contar com também com os seguintes recursos:

  • Análise de Encefalometria (Raio X Tele).
  • Câmera ou Equipamento de Reconstrução Facial 3D .
  • Análise Tomográfica.

Todos eles exigem o uso de software específico para leitura dos resultados e montagem do planejamento.

O porém é o custo que estes recursos geram, pois o investimento geral torna-se mais alto e nem sempre acessível a condição do profissional.

Diogo, então quer dizer que eu vou precisar me virar para ter esses recursos a qualquer custo?

Não, o que você precisa fazer é começar de onde puder! Dedique-se a buscar conhecimento através de cursos e profissionais confiáveis.

Por isso, sem falsa modéstia, sempre cito os meus cursos pois sei que posso ajudar a mudar a sua realidade. Basta querer e dar o primeiro passo.

Conheça os Cursos da Plataforma Diogo Melo

Certamente você se interessou pelo conteúdo desta publicação e chegou até aqui por um motivo:

O desejo de tornar-se um profissional diferenciado na área de Harmonização Orofacial.

Trabalhar fora da curva, com responsabilidade, não é difícil mas exige estudo, disciplina e dedicação.

Com a parte do estudo eu posso ajudar e por isso recomendo os Cursos EAD de Imersão da Plataforma Diogo Melo.

São no total 03 cursos:

Em cada um deles você aprende o que há de mais atual e completo a respeito dos temas.

Nos dois primeiros, você encontra o Módulo Bônus sobre Planejamento e Diagnóstico Digital e muito mais.

Acesse os links agora mesmo e saiba mais detalhes sobre os cursos.

Eu garanto que você não perderá tempo algum, pois conhecer conteúdos relevantes nunca é demais.

Aproveite para inscrever-se no meu blog clicando AQUI e receba diariamente novidades sobre o fantástico mundo da Harmonização Facial.

Eu quero continuar contribuindo para a evolução da área e cumprindo a missão de compartilhar conhecimento com você.

Então, vem comigo! E se precisar me mande uma mensagem para o e-mail falecom@diogomelo.com.br e responderei sua dúvidas.

Espero você em sala de aula, como meu mais novo aluno e companheiro de profissão.

Um grande abraço,
Dr Diogo Melo.

Deixe seu comentário

Cadastre e junte-se aos mais 14,076 Profissionais da Saúde que estão melhorando seus Resultados Clínicos!