<-- Inicio Active -->
diogo-melo-harmonizacao-orofacial

TUDO QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE
HARMONIZAÇÃO OROFACIAL

 

Para Alavancar ainda mais os Resultados
dos seus pacientes e do seu Consultório.

Cadastre e junte-se aos mais 14,076 Profissionais da Saúde que estão melhorando seus Resultados Clínicos!

Qual a diferença entre: Bioplastia e Volumetria?

O preenchimento facial tem a função de trazer volume e hidratação a face, possibilitando assim mascarar cicatrizes ou rugas, amenizando sinais de envelhecimento, vincos estáticos ou realçando traços de juventude. Essa técnica surgiu devido à grande procura dos pacientes por procedimentos de rápida recuperação, que os afaste por pouco tempo das atividades habituais e que traga sinais de rejuvenescimento com uma aparência natural e com cicatrizes mínimas ou inexistentes.

O sucesso dos tratamentos com uso de preenchimento com ácido hialurônico está diretamente relacionado com a densidade da substância escolhida e com a técnica utilizada para realização do procedimento.

Dentre algumas vantagens temos a possibilidade de melhorar ou alterar estruturas corporais em poucos minutos, sem incisões, sem internações, sem afastamento do trabalho e com despesas reduzidas.

O gel preenchedor não deve causar infecção e deve ser de fácil injeção ou implantação com pequenas incisões. A cicatrização deve ser rápida, de preferência em poucos dias é o ideal, e o retorno imediato às atividades é muito atrativo. Os resultados duradouros são essenciais. Uma aparência natural, sem nódulos ou depressões, agradável à palpação, é altamente desejável.

Avaliar assimetria do paciente: neste momento é interessante avaliar e todas as imperfeições e assimetrias anatômicas, desde vincos estáticos, rugas dinâmicas, pigmentação da derme.

Neste momento também é crucial ouvir a queixa principal para poder estabelecer um plano de tratamento efetivo e que se enquadre a realidade financeira do paciente.

A face é constituída por base óssea, musculatura, zonas compartimentais de gordura e derme, sendo fundamental o conhecimento da estrutura anatômica que deseja reconstruir.

Saber distinguir entre o que é volumetria e bioplastia ajuda a diagnosticar, planejar, e explicar ao paciente o real problema que ele tem.

Assista o vídeo

Bioplastia:

Com o passar do tempo, a quantidade de ácido hialurônico natural presente na pele diminui, favorecendo o aparecimento de rugas e sulcos. O uso de preenchedores com AH sintético está indicado para tratamento de linhas, sulcos, rugas faciais e/ou reposição de volume em áreas alteradas com o processo de envelhecimento.

A bioplastia é o controle dos tecidos moles, com a aplicação do gel de ácido hialurônico diretamente nas camadas da derme, vários produtos vêm sendo disponibilizados especificamente para o preenchimento de linhas e rugas superficiais, como linhas verticais nos lábios, linhas de marionete peribucais, rugas perioculares, preenchimento de olheiras e até correções de cicatrizes.

O gel de ácido hialurônico precisa apresentar partículas menores, tornando o produto mais suave, que deve ser utilizado mais superficialmente na derme, obtendo assim resultados mais naturais e harmônicos.

Volumetria:

A perda de volume resultante do remodelamento ósseo, da perda e do reposicionamento da gordura facial é considerada componente fundamental no envelhecimento facial. Com essas alterações, as convexidades típicas de uma aparência jovem tendem a ficar achatadas e côncavas, levando ao aparecimento de áreas de sombra
no rosto.

Outro fator que contribui para o envelhecimento facial é a atividade cinética dos músculos da mímica que ao longo dos anos produzem rugas dinâmicas. Por isso, o rejuvenescimento facial não pode ser feito simplesmente se apagando as manchas, ou somente realizando o estiramento cirúrgico da pele, mas deve levar em consideração as modificações de todas as estruturas desde as bases ósseas, musculares e pele. As ações devem englobar o relaxamento muscular com o uso da toxina botulínica e a reposição
de volume para a restauração do contorno facial.

Na técnica de volumetria o uso de medicamento com alta reticulação e alto crosslink é necessário para vida útil do volume gerado, gel preenchedor superficial, médio, profundo não possuem características físicas suficientes para aguentar as forças teciduais de compressão e serão perdidos em curto período de tempo, alguns até com 1 semana apenas.

Na volumetria facial a punção deve passar a derme, passar a hipoderme, transfixar o músculo e suavemente tocar o periósteo, alivia a pressão e faz a injeção do medicamento, após ter introduzido a quantidade necessária, para a pressão no êmbolo da seringa e remove a agulha do tecido.



Comentários

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado


BUSCA NO BLOG

foto-diogo-melo-blog

Dr. Diogo Melo

Professor do Instituto Famma em São Paulo, Cirurgião Dentista CRO-MT 4365, Coordenador do Curso de Harmonização Orofacial e Capacitação em Toxina Botulínica e Preenchimento Facial, Fios de Sustentação e Peeling Químico. Ministrado em São Paulo e Cuiabá.

ASSUNTOS DO BLOG

Cadastre e junte-se aos mais 14,076 Profissionais da Saúde que estão melhorando seus Resultados Clínicos!

diogo-melo-harmonizacao-orofacial-2