<-- Inicio Active -->
diogo-melo-harmonizacao-orofacial

TUDO QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE
HARMONIZAÇÃO OROFACIAL

 

Para Alavancar ainda mais os Resultados
dos seus pacientes e do seu Consultório.

Cadastre e junte-se aos mais 14,076 Profissionais da Saúde que estão melhorando seus Resultados Clínicos!

Qual Marca de Toxina Botulínica devo usar?

Nos curso que ministro em Guarulhos – São Paulo no Instituto FAMMA com o Dr. Fabio Pupo Duarte e Matheus Macedo, a primeira pergunta que recebo no dia do curso dos profissionais da saúde sempre é a mesma: -Qual a Toxina Botulínica que eu uso, e qual ele deve usar?

Mas antes disso vamos entender como a toxina funciona, a toxina botulínica é o princípio ativo do BOTOX é uma substância com propriedades relaxantes da contratura muscular. Dependendo da condição clínica para a qual o produto é injetado a ação da toxina botulínica resulta em atenuação dos sintomas, incluindo melhora da contração muscular, redução do suor, suavização das rugas de expressão, correção do desvio dos olhos, eliminação do ato de piscar excessivo, etc. A ação se inicia entre 2 a 15 dias após a aplicação. O resultado do tratamento não é permanente. O efeito terapêutico varia de paciente para paciente, sendo em média de 4 a 6 meses. Gradualmente, os músculos voltam a se contrair, de modo que a reaplicação é indicada depois de 3 meses.

 Cadeia leve

O seu sítio ativo é uma cavidade contendo íon zinco e pode acomodar pelo menos 16 aminoácidos residuais. A cadeia leve pesa 50kDa e é responsavel por impedir a liberação dos neurotransmissores, através do bloqueio das vesículas de fusão pré-sinápticas.

Cadeia pesada

É dividida em duas porções que juntas somam 100kDa, a cadeia pesada é responsável pela ligação aos receptores extracelulares e internalização na célula nervosa.

O produto Botox tem 900 KDA, enquanto o Dysport tem 500 KDA. Isto torna a molécula do Botox mais lento na instalação do seu efeito, além de apresentar menor difusão. Já a toxina denominada Dysport, mais leve (500 KDA), age mais rapidamente e tem maior difusão.

importante entender a formulação de cada medicamento desde a sua diluição, conservação, difusão, resultados a curto e longo prazo, são questões relevantes para discutir com o paciente afim de suprir as expectativas.

Não tem com o definir protocolo padrão, nem dose para o tratamento, varios fatores desde: idade, tipo de pele, potencia muscular, hábitos, expressões faciais, todas estas questões devem ser levadas em conta quando escolhemos a técnica e a dose de aplicação.

Quais são as toxinas utilizadas no Brasil?
No Brasil, o Botox® foi o primeiro a ser utilizado, depois chegou o Dysport®  a marca alemã Xeomin® e a última a chegar foi Prosigne®.

Cada uma delas tem suas especificações e características, como peso molecular, sacarose, albumina e outras.

Quais são as vantagens de termos outras toxinas no mercado brasileiro?
Tanto para o profissional quanto para o paciente a concorrência faz com que se aperfeiçoe o produto, isto é, as empresas procurarão colocar no mercado produtos mais estáveis, mais purificados, com algum avanço tecnológico por exemplo, no caso do Xeomin®, a molécula é mais resistente às variações de temperatura. Além das vantagens na qualidade do produto, as empresas passarão a oferecer preços melhores, pois o médico terá mais opções de escolha no mercado.

Os casos de resistência à toxina botulínica por uso cosmético são raros, muitos casos se resolvem “ajustando” melhor a dose para cada músculo tratado, nos estados unidos tem a opção da toxina tipo B que ainda não é comercializada no Brasil e que recebe o nome de NEUROBLOC/MIOBLOCK.

Veja o vídeo e tire mais duvidas.



Comentários

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado


BUSCA NO BLOG

foto-diogo-melo-blog

Dr. Diogo Melo

Professor do Instituto Famma em São Paulo, Cirurgião Dentista CRO-MT 4365, Coordenador do Curso de Harmonização Orofacial e Capacitação em Toxina Botulínica e Preenchimento Facial, Fios de Sustentação e Peeling Químico. Ministrado em São Paulo e Cuiabá.

ASSUNTOS DO BLOG

Cadastre e junte-se aos mais 14,076 Profissionais da Saúde que estão melhorando seus Resultados Clínicos!

diogo-melo-harmonizacao-orofacial-2