fbpx

Qual Marca de Toxina Botulínica devo usar?

Para decidir qual marca usar, é preciso levar em consideração alguns fatores importantes que vão além do preço do fármaco.

Vamos saber quais são eles e conhecer ainda mais a respeito da Toxina Botulínica.

Toxina Botulínica além da Estética

Muito se fala sobre ela e como o seu potencial na Harmonização Facial opera verdadeiras transformações, quando o assunto é rejuvenescimento.

A Toxina Botulínica possui propriedades que vão muito além do simples relaxamento muscular para fins estéticos.

Entre elas está o potencial terapêutico frente às necessidades físicas de saúde do paciente.

Dependendo da condição clínica à qual é aplicada, a ação da toxina resulta em atenuação de sintomas que influenciam diretamente na qualidade de vida.

Entre eles podemos citar:

  • Distonias.
  • Bruxismo.
  • Hiperidrose.
  • Espasticidade.
  • Blefaroespasmo.
  • Cefaléia Tensional.
  • Espasmo Hemifacial.

Os resultados de tratamentos terapêuticos com auxílio da Toxina Botulínica são fantásticos.

Pois ajudam na qualidade de vida, elevação da auto estima e readequação do convívio social, em casos onde o indivíduo se priva dele por conta de determinado problema.

O efeito dura em média de 4 a 6 meses (na grande maioria dos casos) e varia de paciente para paciente.

Infelizmente, não é permanente e gradualmente os músculos voltam a contrair, de modo que a reaplicação é indicada.

Tipos de Toxina Botulínica

Para conhecer os tipos de Toxina Botulínica é preciso entender sobre o poder de ação da substância.

O poder de ação é dividido em duas categorias:

  • Cadeia leve

O seu sítio ativo é uma cavidade contendo íon zinco e pode acomodar pelo menos 16 aminoácidos residuais. 

A cadeia leve pesa 50kDa e é responsável por impedir a liberação dos neurotransmissores, através do bloqueio das vesículas de fusão pré-sinápticas.

  • Cadeia pesada

É dividida em duas porções que juntas somam 100kDa. A cadeia pesada é responsável pela ligação aos receptores extracelulares e internalização na célula nervosa.

A marca Botox, por exemplo, tem 900 KDA enquanto o Dysport tem 500 KDA.

Isto torna a molécula do Botox mais lenta na instalação do seu efeito, além de apresentar menor difusão.

Já a Dysport é mais leve (500 KDA), age mais rapidamente e tem maior difusão.

É importante entender a formulação de cada medicamento desde a sua diluição, conservação, difusão, resultados a curto e longo prazo.

Afinal, essas são questões determinantes para o profissional que deseja dominar as formas de uso e aplicações.

Além disso, mostrar ao paciente que você realmente sabe com o que está lidando, acrescenta segurança e confiabilidade aos seus serviços.

Quais são as marcas autorizadas e mais utilizadas no Brasil?

A marca Botox® foi a primeira e é considerada a mais famosa, tanto que virou sinônimo popular quando alguém cita que “precisa fazer um botox”.

Na sequência temos o Dysport®, a alemã Xeomin® e a última a chegar, mas não menos importante, Prosigne®.

Cada uma delas apresenta características e dosagens específicas, apesar de servirem à mesma finalidade.

Especificações e características, como peso molecular, presença de sacarose, albumina, lactose, gelatina bovina entre outros, em sua composição, as torna únicas.

São produtos biológicos e não podem ser simplesmente substituídos, por isso não existem em versões genéricas ou similares.

Quais as vantagens de termos outras marcas no mercado brasileiro?

É fato que a concorrência acaba incentivando a industria a aperfeiçoar produtos e elevar padrões.

Em outras palavras, as empresas se veem desafiadas a desenvolver fármacos mais estáveis, mais purificados, com diferencial e avanço tecnológico.

Além das vantagens na qualidade do produto, a oferta variada de preços amplia o leque de opções para fornecedores e profissionais.

Consequentemente fica bom para todo mundo (profissionais e/ou pacientes) quando a concorrência estimula progresso.

Sugestões de conteúdos e vídeos

Certamente não faltam publicações a respeito da Toxina Botulínica aqui no blog. Leia cada uma delas na Sessão de Toxina Botulínica.

Lá tem muito conteúdo bacana que responde às dúvidas mais frequentes sobre o seu uso na Harmonização Facial.

Além disso, tem o meu canal no youtube onde posto vídeos diariamente.

Vou deixar o link de três deles que vão complementar esta leitura.

Mais importante ainda é você conhecer o Curso Online de Toxina Botulínica.Clique AQUI para saber mais a respeito.

Ele vai te ajudar a saber muito mais do que apenas escolher a melhor toxina para cada tratamento.

Então agora me despeço por aqui com o vídeo sobre o tema de hoje.

Deixe seu comentário

Cadastre e junte-se aos mais 14,076 Profissionais da Saúde que estão melhorando seus Resultados Clínicos!